Ouro Preto: Dicas para não passar perrengue

Visitei muitas vezes a cidade de Ouro Preto. Algumas pela escola, algumas outras boas em carnavais e passeios com amigos. Para quem mora em Belo Horizonte, como eu, é fácil chegar até a cidade histórica que fica a pouco mais de 1:30m de carro da capital mineira.

Muitos dos meus amigos que vieram a BH e queriam visitar a cidade histórica, não estavam preparados para o que iriam encontrar. Sim, a cidade é linda, mas necessita de cuidados para que o passeio não se torne um pesadelo.

Ouro Preto - Igreja

Roupas e calçados para visitar Ouro Preto

A melhor forma de visitar a cidade é caminhando. Embora alguns lugares possam ser acessados de carro devido a sua distância, grande parte do passeio no “centro turístico” não comporta um passeio motorizado. Assim, a maior parte do seu tempo será a pé.

Como Ouro Preto é uma cidade histórica, com calçamento de pedra sabão e cheia de morros, sugiro que utilize um tênis confortável e antiderrapante. Nada de salto, rasteirinhas escorregadias e chinelos de dedo.

Outra coisa é sobre roupas. Por estar em uma região montanhosa, mesmo em dias com muito sol pode fazer frio ao anoitecer. Sempre tenha a mão um moletom ou casaco para não passar aperto.

Na cidade também é possível pegar taxi. Negocie com o motorista um valor de um ponto a outro para economizar pernas e visitar igrejas e locais mais distantes.

Torresmo mineiro

Alimentação em Ouro Preto

Como a cidade tem a economia é baseada no turismo, não é incomum que os restaurantes mais próximos ao centro, na praça Tiradentes, sejam mais caros. Converse com as pessoas das lojas para descobrir onde elas almoçam, a chance de conseguir uma refeição a preço justo e com sabor local é muito maior.

Museu da Inconfidência - Ouro Preto

Museus em Ouro Preto

Ouro Preto tem bons museus, mas não vale conhecer todos. Faça uma busca antes na internet sobre seus interesses e pesquise sobre as coleções. Infelizmente alguns dos museus estão bem decadentes e não valem o valor cobrado pela entrada. Mais que dinheiro, é tempo perdido. Recomendo nessa ordem de melhores museus: Museu da Inconfidência, Casa dos Contos,  Museu da Mineralogia, Museu do Oratório e se quiser, Museu de Artes Sacras.

Vista - Ouro Preto

Igrejas de Ouro Preto

A cidade de Ouro Preto é famosa por suas igrejas. Só que muitos dos visitantes não se lembram que elas não são museus e sim templos católicos. Assim, muitas vezes, podem estar fechadas para visitação ou abertas somente para uma missa, por exemplo.

Confira na internet antes de montar seu roteiro quais as igrejas estão abertas a visitação e quanto custa para entrar quando não há uma celebração. Nos momentos entre celebrações é possível inclusive realizar alguns tours guiados. Vale uma busca no Google.

Quantos dias ficar e como chegar?

Um final de semana em Ouro Preto é suficiente para conhecer a cidade. Claro que se você for como eu que gosta de explorar tudo, talvez de quatro a cinco dias, mas a maioria das pessoas ficam bem contentes com um final de semana.

Para chegar à cidade, o aeroporto mais perto é Confins (CNF). De carro até Ouro Preto serão 143km, mais ou menos 2h30m de viagem devido a passar por dentro de BH e as condições de curvas e morros da estrada entre BH e Ouro Preto.

Outra forma de fazer é pegar um ônibus de Confins até a rodoviária de BH e embarcar em uma linha regular para Ouro Preto, em média essa última perna custa entre R$40 e R$50. Se for fazer o trajeto de ônibus, preveja todos os tempos de deslocamento para chegar cedo à cidade.

Precisa de ajuda?
Me chama!

As vezes pode demorar um pouquinho para responder. Se eu souber responder, será um prazer ajudar.

Compartilhe ou salve para ver depois

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Imprimir

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Nesse post
falaremos sobre

Relacionado a
esse assunto

Booking.com

Outros assuntos,
para você se perder

Categorias

Um viajante está visitando agora:

Nossos parceiros de aventura

Segue a gente aí

Dá uma olhada
nesse conteúdo: