O Mundo é Seu

Conheça o trem que liga Ouro Preto a Mariana, em Minas Gerais

Trem da vale - Foto: Divulgação
Cabine restaurada do Trem da vale – Foto: Divulgação

Se no Aurélio Trem tem 21 significados, no coração do mineiro é algo sem explicação. A ligação do estado e seu povo remonta a era do ouro, mineral que saia direto dos veios das minas para os trilhos do querido trem. O fim da época de glamour das ferrovias reduziu as opções para os mineiros que, aos poucos, viram este meio de transporte que transportava de um tudo, ser reduzido ao transporte de cargas e poucos trechos para passageiros.

 

Os mineiros agora podem comemorar o retorno turístico de mais um trecho entre duas cidades: O Trem da Vale – que liga a cidade de Ouro Preto à cidade de Mariana – passa a compor a Rota Histórico-Cultural do roteiro “Entre Cenários da História” do Circuito do Ouro, uma região turística que agrupa 15 municípios com proximidade geográfica e afinidades históricas, culturais e naturais.

 

Trem da Vale cortando montanhas - Foto: Divulgação
Trem da Vale cortando montanhas – Foto: Divulgação

De 2004 a 2006, a Vale revitalizou a antiga ferrovia construída em 1883 com 18 quilômetros de extensão, entre as cidades de Ouro Preto e Mariana, e também foi responsável pela restauração das quatro estações do percurso – Ouro Preto, Vitorino Dias, Passagem de Mariana e Mariana, onde o trem para no percurso. Os vagões e a locomotiva foram artesanalmente reformados, conservando suas características originais.

 

O trem da Vale

Vagão panorâmico - Foto: Divulgação
Vagão panorâmico – Foto: Divulgação

O Trem funciona às sextas, sábados, domingos e feriados. O trajeto tem extensão de 18 quilômetros, com prazo estimado de uma hora de viagem. Ele possui seis carros de passageiros, sendo cinco convencionais com 240 lugares e um vagão panorâmico que possui 52 lugares (total de 292 lugares). Durante a viagem cachoeiras, como a do Funil (maior cachoeira do percurso com 10 m de queda d’água), resquícios da Mata Atlântica e sítios arqueológicos podem ser admirados além de pequenas propriedades que cresceram ao longo da ferrovia.

 

É possível fazer reservas para grupos e as passagens podem ser compradas nas próprias estações Ouro Preto e Mariana, de quarta a domingo, das 8h30 às 17h ou online no endereço www.vale.com/tremdavale.

Luis Moura

Minhas redes fora do blog ;)

Quem sou eu

Prazer, Luis Moura. Sou publicitário de corpo e alma e geminiano dos mais loucos, nasci inquieto. Perdido entre os canais de viagem da tv e livros de história decidi vencer o medo e colocar o pé na estrada. A primeira em 2003 e a partir daí não parei mais. Por aqui desde 2016 quando a ajuda aos amigos para montar seus planos de viagem viraram coisa séria.

Precisa de ajuda?
Me chama!

As vezes pode demorar um pouquinho para responder. Se eu souber responder, será um prazer ajudar.

Compartilhe ou salve para ver depois

WhatsApp
Facebook
Twitter
LinkedIn
Imprimir
Pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nesse post
falaremos sobre

Relacionado a
esse assunto

Segue a gente aí

Dá uma olhada
nesse conteúdo:

Sobre cookies, processamentos e seus dados pessoais

Usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Nossa política de privacidade está disponível aqui. Esse pop-up não aparecerá novamente mas esse link está disponível no rodapé das páginas.